Junte-se aos mais de 15 mil seguidores do IMP

revista-automacao.com
MEDIAWORLD

Unidade de solda da Uliana mantém 42 robôs Yaskawa Motoman

A metalúrgica é referência de qualidade em conjuntos soldados fornecidos ao setor automobilístico.

Unidade de solda da Uliana mantém 42 robôs Yaskawa Motoman
A Uliana Indústria Metalúrgica, desde que adquiriu o primeiro robô da Yaskawa Motoman – em uma parceria que já dura 14 anos –, vem descobrindo ganhos de qualidade em seus produtos e processos, e registrando uma produtividade significativa, o que contribui para o bom desempenho da companhia.

Referência no fornecimento de itens originais para a indústria automobilística, a Uliana possui atualmente 42 robôs em suas duas unidades de fabricação: Suzano (onde fica a sede) e na planta de Gravataí, no Rio Grande do Sul. “Iniciamos a utilização de robôs no setor de solda há muitos anos”, recorda-se Luiz Carlos Sbragia de Souza, diretor de operações da metalúrgica. A empresa só trabalha com robôs no setor de solda para atividades de Solda MIG, Solda Ponto, Solda Projeção, Solda Topo e Manipulação. “Devido à competitividade de mercado, com o tempo, percebemos nossa evolução na fabricação de conjuntos soldados que, no passado, sem os robôs, não tínhamos”, destaca.

Ainda de acordo com Sbragia, somente com excelência em qualidade e produtividade, a Uliana é capaz de produzir o IP CCB (Interior Panel Cross Car Beam), fornecido para os veículos Ônix, Prisma, Joy e Cobalt. O número de peças por dia fabricadas para o Ônix e Prisma é de1.300 (unidade Gravataí), 300 (em Suzano), 200 do Cobalt (em Suzano), totalizando 1.800 CCB´s. Para o Honda Civic são 180 para-choques/dia. Vários outros itens são produzidos em robôs de solda MIG e Ponto, sendo 800.000 metros de Solda MIG/mês e 4.500.000 de pontos/mês, respectivamente.

O diretor de operações da metalúrgica comenta que, quando da aquisição do primeiro robô, houve necessidade de treinamento. Naquela ocasião, a Uliana contava com cerca de 50 funcionários no setor, sendo quatro deles treinados para operar o robô. Foram feitas mudanças conceituais de processo de estampagem, visando adequar os componentes para serem soldados, como também os setores de engenharia preparados, de modo que os novos produtos e processos utilizassem a tecnologia da robótica.

A Uliana, que este ano completa seis décadas de atividades, reconhece que o desenvolvimento de conjuntos soldados está atrelado à utilização de robôs. Hoje possui aproximadamente 80 colaboradores que atuam em células robotizadas em três turnos de trabalho.

Segundo Sbragia, o êxito da parceria está na estrutura e no pós-venda da Yaskawa Motoman, além da qualidade dos produtos. “O período de negociações com a multinacional japonesa desde a identificação da demanda exigida pela Uliana até a entrega do robô varia em torno de quatro e oito meses. Destaca-se ainda, que características como suporte e atendimento personalizado, mesmo para pequenos clientes da Yaskawa Motoman, se ajustam perfeitamente à nossa necessidade “, completa o diretor de operações da Uliana.

Unidade de solda da Uliana mantém 42 robôs Yaskawa Motoman  Unidade de solda da Uliana mantém 42 robôs Yaskawa Motoman

www.motoman.com

  Peça mais informações…

LinkedIn
Pinterest

Junte-se aos mais de 15 mil seguidores do IMP